Novo tablet da empresa ainda não está disponível nas lojas, mas preços são bem salgados

Em um evento realizado no dia 30 de outubro, a Apple revelou à imprensa internacional a sua nova geração de iPads. O novo iPad Pro foi uma das novidades em um evento no qual foram apresentados também os novos Mac Mini e MacBook Air.

Consolidado no mercado, o principal tablet da atualidade não recebeu muitas novidades, pois a Apple acredita que não há necessidade.

No entanto, dois itens chamam a atenção: a ausência do botão Home e a adoção do sistema de reconhecimento facial Face ID.

O recurso já é um conhecido de longa data dos usuários de iPhone, mas só agora chega aos tablets.

Além disso, há ainda duas versões do novo iPad: uma com tela de 11 polegadas e outra com tela de 12,9 polegadas. Ambos se destacam pelas bordas mais finas que os antecessores.

Apple iPad Pro (2018): ficha técnica

  • Sistema operacional: iOS 12
  • Tela: 11 polegadas (resolução de 2388 x 1668 pixels) ou 12,9 polegadas (resolução de 2732 x 2048 pixels)
  • Processador: A12X bionic de 64-bits com coprocessador M12 embutido
  • Armazenamento interno: versões com 64 GB, 256 GB, 512 GB ou 1 TB
  • Câmera traseira: 12 megapixels (f/1.8) com flash Quad-LED True Tone
  • Câmera frontal: TrueDepth de 7 megapixels (f/2.2)
  • Dimensões: 247,6 x 178,5 x 5,9 mm (11 polegadas) e 280,6 x 214,9 x 5,9 mm (12,9 polegadas)
  • Peso: 468 gramas (11 polegadas) e 633 gramas (12,9 polegadas)

ipad-pro-apple

Mais potência e novo Apple Pencil

Por dentro do iPad Pro, a principal novidade é o hardware. O modelo agora conta com o processador A12X bionic de 64-bits.

Ele vem ainda equipado com um coprocessador M12. Ambos são fabricados pela própria Apple, o que garante uma arquitetura melhor adaptada ao software.

Segundo a empresa, o conjunto tem um desempenho até 90% superior em relação à geração anterior.

Já com relação à capacidade gráfica, o desempenho chega a ser duas vezes maior. Portanto, podemos afirmar que esse é o iPad mais poderoso já lançado pela empresa.

Há mudanças também na Apple Pencil. A caneta da Apple, que é vendida à parte, ganhou uma nova versão. Entre as suas novidades, destaque para a recarga sem fio e a possibilidade de grudá-la magneticamente à lateral do tablet.

Contudo, a praticidade tem um preço: a nova Apple Pencil é compatível apenas com o novo iPad Pro e não com os modelos anteriores. E mais: quem tem um modelo atual de Apple Pencil não poderá utilizá-lo no novo iPad, pois ambos são incompatíveis.

Por fim, o iPad Pro é compatível com um novo conector USB Tipo-C. Isso faz com o tablet possa ser conectado a telas externas, como monitores e TVs, além de ser possível a transferência de arquivos com maior facilidade.

Não deixe de ver - Apple: valor de mercado atinge US$ 1 trilhão! 

Tela e câmera com poucas mudanças

Praticamente não há novidades em termos de resolução dos displays. O modelo com tela de 11 polegadas tem resolução de 2388 x 1668 pixels enquanto o com tela de 12,9 polegadas tem resolução de 2732 x 2048 pixels. Ambos acima da média se comparados aos concorrentes.

A câmera traseira tem 12 megapixels de resolução, com abertura f/1.8 e flash Quad-LED True Tone. Já a câmera frontal tem 7 megapixels de resolução com abertura f/2.2.

Dados relacionados à bateria dos iPads não foram divulgados, mas esse é um quesito em que os tablets da empresa nunca decepcionaram. Portanto, espere um iPad robusto com bateria durável para o dia todo.

Veja também – Galaxy Tab S4: confira as especificações técnicas do novo tablet da Samsung

Preços salgados no Brasil

Que os produtos da Apple chegam ao Brasil custando caro, todo mundo já sabe. No entanto, o iPad Pro é um marco em relação a preços altos.

O modelo mais simples de todos não sai por menos de R$ 6,7 mil e o mais completo pode chegar a impressionantes R$ 15 mil.

Confira abaixo os valores oficiais do iPad Pro no Brasil, segundo o site da Apple. Os produtos estão atualmente em pré-venda e devem começar a ser entregues no mês de dezembro por aqui. Nos Estados Unidos, todos já estão disponíveis nas lojas.

  • iPad Pro (11) com 64 GB – R$ 6.799
  • iPad Pro (11) com 256 GB – R$ 7.999
  • iPad Pro (11) com 512 GB – R$ 9.599
  • iPad Pro (11) com 1 TB – R$ 12.799
  • iPad Pro (12,9) com 64 GB – R$ 8.399
  • iPad Pro (12,9) com 256 GB – R$ 9.599
  • iPad Pro (12,9) com 512 GB – R$ 11.199
  • iPad Pro (12,9) com 1 TB – R$ 14.399

ipad-pro-apple

Veja também – Quais são os melhores tablets do mercado?

iPads também precisam de proteção

Embora os tablets sejam menos visados do que os smartphones pelos bandidos, isso não quer dizer que você esteja a salvo de não se tornar mais uma vítima dessa triste estatística. Como qualquer outro eletrônico de valor, os iPads também podem ser segurados.

Com valores de mensalidade acessíveis, com o seguro para eletrônicos, você garante que caso alguma coisa de errado aconteça ao menos o seu prejuízo não será total.

Basta fazer um boletim de ocorrência na polícia e depois solicitar o resgate da apólice junto à seguradora.

Em poucos dias você recebe a confirmação com relação à checagem da documentação e tem o valor da apólice liberado para que possa comprar outro produto semelhante. Não corra riscos desnecessários, invista em proteção especial para o seu iPad.

Black Friday

O que achou das nossas dicas? Deixe nos comentários e aproveite para conhecer também o seguro para Smartphone  da BMS!